Notícias Teatro

Sessão Solene 27º Aniversário A.C.T.

Continuar...

 

Próxima produção teatral - Estreia 14 de Maio

Foto de Grupo Cénico da Associação Cultural de Tercena.

 

"NATAL É..."

 

QUASE MEIO MILHAR DE PESSOAS JÁ VIRAM TEATRO ESTE ANO NA ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE TERCENA

QUASE MEIO MILHAR DE PESSOAS

JÁ VIRAM TEATRO ESTE ANO NA

ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE TERCENA

Pessoa1 O Teatro na Associação Cultural de Tercena este ano tem trabalhado como nunca.

Foram criados dois grupos de trabalho e o efeito tem sido deveras positivo pois estamos em Julho e já foram apresentados nove espectáculos com três produções realizadas.

A equipa da encenadora e autora Susana Botica realizou um espectáculo pelo Carnaval e conseguiu duas sessões de casa cheia, assim como no seu trabalho relativo aos Santos Populares, com a sua peça, “Há Santos entre nós” que se apresentou com assinalável êxito.

 

Pessoa2 Por sua vez, o autor e encenador Fernando Silva, realizou a sua revista popular, “Oh Zé abre-me esse olho” e conseguiu fazer cinco sessões o que, na época em que encontramos foi considerado excelente, uma vez que as pessoas têm fugido das salas de espectáculos por diversas razões e reunir em nove sessões de teatro 480 pessoas foi considerado inédito, pelo menos nestes tempos mais actuais, porque noutras épocas estes números não eram comparáveis, pois em três sessões de uma revista dos anos sessenta, ultrapassava largamente estes números.

Pessoa3 É portanto de louvar a acção da colectividade que há vinte e três anos luta pelo desenvolvimento da cultura em Tercena e tem conseguido êxitos, nomeadamente no folclore, onde já realizou centenas de actuações no continente, ilhas Espanha, Brasil Áustria e recebendo convites para inúmeros países, só que as condições financeiras não são propícias, mas mesmo assim o trabalho desta colectividade é de realçar e pena é que os subsídios autárquicos tenham baixado consideravelmente, porque de contrário mais poderia fazer.

Estamos a meio do ano e espera-se que estes números sejam dilatados pois convites para o grupo não faltam, e no campo teatral as perspectivas são enormes uma vez que estes dois grupos de trabalho prometem fazer mais e melhor, mas também é verdade que esperam ser reconhecidos por quem tem a tutela destas actividades culturais no concelho de Oeiras:

&&&

 

O TEATRO EM TERCENA COM GRANDE ENTUSIASMO

O TEATRO EM TERCENA COM GRANDE ENTUSIASMO

O Teatro na Associação Cultural de Tercena está a tomar uma enorme dinâmica, pois de momento estão a funcionar dois grupos de trabalho, o que é considerado inédito em Tercena e aliás em toda a freguesia que sempre se dedicou à arte dramática.

Em Tercena este ano o Teatro já levou à cena três peças e prepara-se para estrear uma quarta, já no próximo mês de Junho.

teatro1 Assim, o grupo dirigido por Fernando Silva,  levou à cena a revista  “Oh Zé Abre-me esse olho” que já fez  quatro sessões de casa esgotada, preparando-se para mais uma a anunciar em breve e o grupo da Susana Rodrigues que  já fez  três sessões com duas peças.

A primeira, ocorreu pelo Natal  tendo sido apresentado um lindo espectáculo alusivo àquela data e mais tarde, pelo Carnaval, com a revista “Salve-se quem puder” que se representou por duas vezes.

De momento está a preparar um novo espectáculo dedicado aos Santos Populares, intitulado “Há Santos na Terra” que terá estreia, se não houver qualquer inconveniente, no dia 23 de Junho à tarde.

Numa altura em que a Câmara Municipal de Oeiras, vai cortando o subsídio às colectividades, em Tercena, até parece que o ânimo ainda cresce mais, pois a dinâmica não falta e é preciso reconhecer que se trata de Teatro representado por cerca de sessenta amadores, divididos, obviamente, pelos dois grupos de trabalho.

Um exemplo a seguir pelas outras colectividades do concelho, muitas que apenas trabalham para a Mostra de Teatro de Oeiras e pouco mais, com excepção dos grupos semi-profissionais sedeados na área do município.

 
Mais artigos...